Acessibilidade logo

Acessibilidade

bat-papo

Fale com a Prefeitura

  • *Campos obrigatórios
  • Ao iniciar um contato, você concorda com a Política de privacidade

  • ...Ou se preferir

  • Ligue para nós

    (77)3678-2119 / 3678-2315

  • Ou seja atendido presencialmente

    Segunda a sexta-feira, das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas.

    Praça Dr. João Borges de Figueiredo, 200 – Centro

  • Outros meios de contato

Em conformidade com:

Quatro cidades em três continentes juntas para trabalhar em cooperação descentralizada.
14/07/2021

Em tempos de crise, temos que unir forças para seguir adiante. Os pequenos municípios podem cooperar e ajudar uns aos outros.

A cooperação descentralizada, ou paradiplomacia, também conhecida como irmanação de cidades, pode ser realizada de diferentes maneiras, seja diretamente pela autoridade local ou através de um operador externo, bilateralmente ou através de redes de autoridades locais.

A cooperação descentralizada pode servir para trocar conhecimentos e experiências, parcerias técnicas, apoio financeiro e ajuda em questões comuns: cultura e educação de jovens; participação das mulheres na gestão local; saneamento e resíduos sólidos; agricultura sustentável; e muitas outras questões.

Está semana ocorreu primeira reunião para Declaração de Intenção de um acordo internacional de cooperação descentralizada entre 4 cidades, a nossa cidade buscando novos projetos juntos  como município italiano de Sarule, Sardegna, na Itália; o município de Eschbach, Bas-Rhin, Grand Est, France; e o município senegalês de Mboro, Tivaouane, Thies, Senegal para desenvolvimento local dessas cidades e intercâmbio de conhecimento e cultura.   

Sendo a primeira vez que quatro cidades pequenas em três continentes juntas para  trabalhar em prol de um projeto muito interessante em diversas áreas.  Esse projeto nasce do grande entusiasmo que lhes enviamos nesta proposta de cooperação multilateral, o esquema da Declaração de Intenção, na esperança de que possamos realizar uma colaboração frutífera e duradoura entre nossos municípios, que nos enriqueçam mutuamente.

Essa cooperação busca fazer cumprir os ODS da Agenda 2030. 

Muito importante para essa nova fase do mundo em que estamos vivendo cooperar, já que agora os problemas são cada vez mais parecidos em diferentes partes do mundo.

Cabe lembrar que essas oportunidades são importantes do ponto de vista tecnológico e da comunicação, que permitem interagir facilmente com comunidades locais em outras partes do mundo, a fim de preservar e melhorar as peculiaridades mútuas de cada região.

Esse é um projeto de muitos outros que Botuporã está trabalhando para dar acesso aos direitos básicos.

 



Autor: Edérson Dos-Santos-Alves